25 janeiro, 2011

Portanto, tenho muito a crescer.

   Vou contar um segredo... Nunca queira escrever nada, deixa que as ideias venham e te façam escrever, isso que é o bom, não planeje.
   Não se pode forçar as palavras a ficarem bonitas ou bem colocadas, são só palavras, a diferença é o sentimento que você coloca nelas.
   Amor é uma palavra simples, mas se é uma criança que te fala, amor é o que ela sente por seus brinquedos. Se é uma adolescente, amor é o que ela sente pelo garoto mais bonito da escola. Se é uma jovem, amor é o que ela sente por si mesma Se é uma mulher, amor é o que ela espera todos os dias de um homem que ela ainda acredita que pode ser perfeito. Se é uma velhinha, amor é o simples fato de saber que veio ao mundo e fez tudo que devia ter feito. Entende?




Natália Brito

Um comentário: