23 fevereiro, 2011

   O AMOR fez questão de passar novamente, fazer com que eu reviva a mesma história... Aquela do amor não correspondido, que perfura, rasga e tortura, mas, que te faz sentir humano, sem precisar questionar a razão da vida!

Nenhum comentário:

Postar um comentário