27 março, 2011

Liberto

     Liberdade total, sem medo de viver, comer e beber. Gritar total e geral que amo a Liberdade, que correntes não me fazem preso ao chão... Eu sonho, estou livre pra flutuar, seguir meus pensamentos, que me levarão ao longínquo. Dane-se os que estão no chão, posso ir e vir sem impedimentos.
     Meu passado foi deixado em vales profundos, agora sou da Liberdade. Me expresso e ando como quero, ouço só o que me agrada e claro, rio levemente, sarcasticamente, maleficamente, orgulhosamente. Ninguém pode me obstar, pois tenho comigo a Liberdade. Eis que agora se faz minha melhor amiga.