20 dezembro, 2011

"Posso descrever meu apego a tudo, simplismente por gostar das coisas que me fazem lembrar do passado. Pegar um brinquedo, uma carta e criar um elo com o tal, voltando hora, dia e ano. Não corro das memórias, sou daqueles que querem tê-las como companhia, sempre."

Nenhum comentário:

Postar um comentário