14 fevereiro, 2013

Lista Desnecessária



                Existem inúmeras coisas que me irritam... Que profundamente me irritam. Essa obviedade é uma delas. E só por odiá-las, sempre me acontecem. Certamente sou alvo bem destacado, de pintura renovada. Ou, eu ainda esteja ébrio de sono, com a cara inchada e sentado aqui, no meio-fio de frente a um clube, às seis horas e quarenta minutos da manhã, esperando até que dê o horário da minha aula de natação. E com a mesma facilidade que meus parâmetros de irritabilidade se alteram, posso enumerar e descrever, poucas coisas que me tiram do sério:
·         Multidão;
·         Multidão + Música;
·         Multidão + Música + Cerveja (na verdade, qualquer bebida alcoólica, mas em especial a cerveja, por feder);
·         Acordar cedo + Mau humor;
·         Cumprimentar e NÃO me responderem;
·         Chuveiro que não esquenta;
·         Descarga que não funciona (ou se preferir, que não tenha força);
·         Não ter guelras + piscina;
·         Bolachas quebradas;
·         Cigarro;
·         Coisas fendendo cigarro;
·         Mel (eu gosto, mas sempre fica grudado na mão e não sai se não lavar);
·         Resto de mel;
·         Buzina;
·         Me chamar + Buzina;
·         Coceira;
·         Coceira na cabeça;
·         Suco sem açúcar;
·         Suco quente;
·         Suco quente + sem açúcar;
·         Falar pouco;
·         Amor, paixão, qualquer coisa do tipo;
·         Namoros (preciso que fique claro);
·         Filas;
·         Gente bonita;
·         Gente alta;
·         Gente magra (principalmente se fizer drama dizendo que tá gordo);
·         Gente bonita + magra + alta;
·         Planos;
·         Cheiro de jaca;
·         Cheiro de álcool;
·         Teimosia;
·         Futilidade;
·         Melisseiras;
·         Desconsideração;
·         Meu cachorro. O cachorro da minha avó;
·         Hipérbole (justamente por ser uma das minhas manias horríveis);
·         Meu sotaque (sou goiano);
·         Falta de criatividade;
·         Falta de palavras;
·         Falta de coisas que me irritam;
·         Preguiça;
·         Preguiça de ler;
·         Ser filho único;
·         Não ter em quem bater;
·         Abraço seco;
·         Gente que cutuca;
·         Mimar/ser mimado;
·         Saudade;
·         Distância;
·         Amigo sem tempo;
·         Amigo sem crédito;
·         Amigo pidão;
·         Amigo chorão;
·         Dor de barriga;
·         Dor de garganta;
·         Cigarra;
·         Espelho;
·         Eu.
                Lembrando que terminei de escrever isso tomando chá, outra coisa que costuma me irritar, e que existem muitas, muitas outras, que no momento não me lembro, por estar totalmente calmo e ouvindo Elis. Ah, final de feriado, é o fim. O fim de qualquer boa lembrança do significado de descanso e paz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário